Dinâmicas diferenciadas em comemoração ao Dia do Estudante

Unidade Bom Pastor propôs atividades de integração entre as turmas

No dia 12 de agosto, os professores da Unidade Bom Pastor prepararam momentos diferentes para comemorar o Dia do Estudante com os alunos.

De manhã, com o Fundamental II, realizaram uma dinâmica sobre estudo. Os estudantes receberam fitas, precisavam dançar e interagir com os colegas. Quando a música parasse, precisavam seguir o comando de se reunir em duplas, trios, com cores diferentes, cores iguais de fitas e conversar sobre as perguntas feitas sobre estudo.

Você tem um lugar próprio em casa para fazer suas tarefas ou para estudar para a escola?

Tem alguém que te auxilia nas tarefas?

Como você avalia sua contribuição para com os seus estudos? Você acha que está      satisfatório pra você ou precisa se dedicar mais? 

 Como você estuda? Apenas fazendo leitura e re-leitura, ou você anota suas ideias?

Você busca colocar em prática o que você aprende? Busca relações com situações cotidianas ?

Ser estudante desta Escola significa para você?

Em geral, o que você tem aprendido na Escola:

Ao final, amarraram as fitas e formaram uma teia. Juntos refletiram sobre a importância do trabalho em equipe, do quanto somos melhores juntos. Em seguida, foi realizada uma conversa sobre laços afetivos, quais são os primeiros laços que formamos, como os formamos, e depois sobre os laços que formamos na Escola. 

Após, outra dinâmica, porém em duplas formadas por estudantes de diferentes turmas, foi realizada com fitas e a formação de novos laços. Um dos alunos concluiu, então, que aprendeu mais uma coisa importante nessa Escola. “Não fazemos nada sozinho nessa vida, sempre precisamos do outro! Uma lição para a vida, com o outro é melhor, mais divertido, mais leve…” (J. F. N, 14 anos).

À tarde, com o Fundamental I, os professores iniciaram com a técnica de mindfulness, reconhecendo o corpo, seões para poderem se conectar com as atividades que iriam iniciar.

Em seguida, antes de explicarem a dinâmica dos laços, as professoras declamaram o poema de Mário Quintana, “O laço e o abraço”.

Retomaram a importância dos laços afetivos feitos e refeitos na Escola e propuseram que os estudantes encontrassem duplas, com colegas de outras turmas, fizessem laços juntando as fitas com apenas uma mão e depois as amarrassem na grande teia da nossa Escola.

As dinâmicas realizadas nos dois períodos tinham como principal objetivo criar memórias afetivas, refletir sobre a importância dos colegas, das amizades, do ser estudante e do estar num ambiente harmônico, seguro.

Alunos, professores e funcionários envolvidos em momentos marcantes e fazendo um dia especial e diferente com ações simples, mas significativas. No final, todos saborearam juntos uma deliciosa pipoca!

2019-08-13T17:19:44+00:00 13 agosto 2019|Bom Pastor|